Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

mini-saia

O blog de Mónica Lice.

30
Jun22

Rota da Cereja do Fundão

Mónica Lice

Rota da Cereja do Fundão.JPG

Vista da Serra da Gardunha, no Parque de Merendas na Casa do Guarda.

 

A convite do Município do Fundão, fui conhecer a Rota da Cereja em família, e ver, de perto, como crescem as melhores cerejas do mundo!

 

O fim de semana acabou por suplantar as nossas expectativas, que já estavam altas!

 

Nunca tinha estado no Fundão, mas a cereja é dos meus frutos preferidos e a cereja do Fundão é, inegavelmente, a melhor de todas, pelo que o programa tinha tudo para ser um sucesso.

 

Efetivamente, acabou por nos surpreender.

 

Desde a pitoresca cidade, até à vista de cortar a respiração, para a Serra da Gardunha e a Serra da Estrela, sem esquecer as pequenas localidades, de casas de pedra, que ficam ao seu redor, e que convidam à descoberta e ao descanso.

 

Da nossa parte, destaco abaixo o programa que fizemos e recomendamos:

 

Rota da Cereja do Fundão 2.JPG

Detalhe do nosso piquenique.

 

Piquenique na Serra da Gardunha/Casa do Guarda

Podem comprar a vossa cesta de piquenique no Posto de Turismo do Fundão (há 3 modalidades, mas a "Cesta Familiar" é ótima para uma família de quatro).

Esta cesta tem só produtos regionais e vem munida de tudo o que é necessário para um piquenique ato e delicioso, incluindo manta ou copos (que devemos devolver no final).

Recomendo que reservem com antecedência, para garantirem a vossa cesta pronta à hora pretendida.

Quanto ao parque de merendas a que fomos, por recomendação do funcionário simpático, que nos acolheu no Posto de Turismo (e cujo nome não retive - lamento), fica situado bem no alto da Serra da Gardunha.

A viagem para lá é fácil e vale pela vista, fazendo-se pela aldeia de Alcongosta, da qual escrevo abaixo.

Já no parque das merendas, situado ao pé de um Glamping (que é ótimo para servir de ponto de referência), há mesas e um pequeno parque infantil.

A vista e o silêncio são incríveis, e até dá para ver esquilos - nós vimos um, que fez as delícias das minhas filhas.

 

Alcongosta

Trata-se de uma aldeia pitoresca, a caminho da Serra da Gardunha, onde é possível comprar cerejas em qualquer esquina, enquanto nos perdemos nas vielas e nas casas de pedra e terra.

É também aqui que ocorre a Festa da Cereja e onde se situa a recém criada Casa da Cereja, que estaco abaixo.

 

Rota da Cereja do Fundão 1.JPG

Detalhe da Casa da Cereja.

 

Casa da Cereja

Fica na localidade de Alcongosta e é o sítio ideal para conhecer melhor este fruto, num espaço moderno e super bem conseguido, que convida a ficar.

Vá, por isso, sem pressas e aproveite as visitas guiadas para ficar por dentro de todos os segredos da cereja do Fundão.

 

Passeios de tuk-tuk

São uma das melhores formas de conhecer a fundo a Serra da Gardunha e os cerejais.

Tivemos a sorte de contar com a Olga, bem conhecedora da região, que nos levou-nos até à Serra da Gardunha e nos mostrou cerejais, recantos e segredos do Fundão.

Foi com ela que fomos à Casa da Cereja, e ficamos a conhecer melhor algumas das aldeias próximas do Fundão, incluindo Donas - a localidade que está associada a António Guterres, por ser a terra onde sempre passou férias e de onde os seus pais são naturais (há lá, inclusivamente, uma Casa Museu com o seu nome, e a ele dedicada).

 

Apadrinhamento de uma cerejeira

Fomos apadrinhar uma cereja ainda jovem e foi mesmo engraçado. Quando ela crescer, poderemos lá ir visitá-la e colher as cerejas, que um dia irão nascer.

Enquanto isso não acontece, está prometida uma caixa de cerejas, a ser enviada para nossa casa, uma vez por ano.

Este programa de apadrinhamento está disponível para qualquer pessoa, e é uma ótima forma de dar a conhecer o fruto, a árvore e o seu ciclo de vida a quem é de fora. 

 

Rota da Cereja do Fundão 4.JPG

Detalhe do Cerca Design House - o Hotel onde ficamos.

 

Cerca Design House

Ficamos neste hotel com vista para a Serra e não podia ter sido melhor. Instalaram-nos numa Villa, com quarto, sala e cozinha e as miúdas, que ficaram no sofá cama, na sala, deliraram com as piscinas exteriores (são duas) e com o super jacuzzi interior, que mais parece uma piscina.

Nota ainda para o pequeno-almoço, entregue na Villa, e escolhido previamente por nós, que era só delicioso.

Todo o espaço exterior está muito bem cuidado e as Villas dispõem de espreguiçadeiras privadas, com vista para uma das piscinas e para a Serra, entre cerejeiras, cujas cerejas podem ser colhidas por nós.

 

Restaurante As Tílias

O restaurante As Tílias fica situado bem no centro do Fundão e é daqueles em que é sempre melhor reservar, sobretudo ao fim de semana, para garantir lugar.

Tem ótimos reviews e basta ir lá uma vez para perceber a razão.

Para além de oferecer vários pratos premiados, muitos dos quais que incluem a cereja da região, a comida é verdadeiramente deliciosa e inovadora.

Destaca-se ainda o atendimento, super simpático e prestável, bem como os menus infantis, que dão sempre jeito para quem leva crianças.

Entre as várias delícias provadas, adoramos o Tiramisú de Cereja - um prato exclusivo do restaurante, que nunca tinha provado na vida, e que é realmente delicioso.

 

Rota da Cereja do Fundão 5.JPG

A nossa sobremesa.

 

Por tudo isto, se estiverem à procura de um programa de fim de semana tranquilo e diferente, este pode ser “o” programa.

 

Tal como nós, as nossas filhas adoraram a experiência. Ficaram encantadas com o passeio de Tuk Tuk, com o piquenique na Serra, adoraram passear entre o Cerejais e, claro, deliraram com o Hotel, sobretudo com o jacuzzi gigante e quentinho, bem como o cantinho da brincadeira, que o hotel disponibiliza para os hóspedes.

 

Para perceberem melhor como foi a experiência, deixo-vos algumas fotos que fomos fazendo por lá. Tivemos a sorte de apanhar sol e calor - mas é sempre recomendável levar um casaco para a noite, por causa das amplitudes térmicas da região, que fica estrategicamente situada entre duas superfícies montanhosas.

 

Por tudo isto, muito obrigada ao Turismo do Fundão pelo convite. Foi mesmo bom e prometemos voltar - possivelmente na primavera, para ver as cerejeiras em flor que, pelas imagens que já vi, ficam absolutamente encantadoras, mudando, por completo, a paisagens daquelas paragens!

 

Rota da Cereja do Fundão 6.jpg

A nossa cerejinha.

 

1 comentário

Comentar post

O que procura?

Sigam-me

Escrevam-me:

Captura de ecrã - 2016-02-17, 12.17.17.png

aminisaia@gmail.com

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2011
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2010
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2009
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2008
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2007
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2006
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D