Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

mini-saia

O blog de Mónica Lice.

10
Out16

O sono da bebé

Mónica Lice

suenos1.jpg

 

Quem me acompanha há mais tempo lembrar-se-á de eu escrever por aqui que acordava várias vezes durante a noite, para amamentar a filhota.

 

De facto, assim foi durante o seu primeiro ano de vida. Enquanto amamentei, não havia noite que ela não acordasse duas, três vezes ou, até, mais.

 

No início, com o co-sleeping e o berço dela estrategicamente colocado ao lado da nossa cama, tudo se fazia sem muito sobressalto. No entanto, quando ela deixou de caber no berço pequeno, e tivemos de a deitar num grande, com grades altas, acordar para lhe dar de mamar começou a custar um pouco mais - mas nada que não se fizesse com um sorriso no rosto.

 

Fui, no entanto, percebendo que já mamava muito pouco. Parava poucos minutos depois de ter começado, mas éramos capazes de estar nisto três a quatros vezes por noite.

 

Consequentemente, em poucos dias, o meu leite começou a diminuir. Ela, por seu turno, e prestes a completar um ano, já comia muito bem sólidos (felizmente, sempre teve apetite).

 

Foi assim que, numa noite, quando ela acordou, o meu marido tentou adormecê-la sem mamar (ela não usa chucha - nunca gostou!) e conseguiu! Foi só mais uma ou duas noites e, à terceira, dormiu, pela primeira vez, a noite inteira! Nove a dez horas seguidas...

 

De lá para cá, e ainda a dormir no nosso quarto (estamos a ganhar coragem para a mudança...), tem dormido sempre tranquilamente, e a noite toda! Se acordou 5 vezes durante a noite, desde então, terá sido muito.

 

Esta tem sido a nossa experiência. Não sei se aguentará para sempre, ou se se alterará com a mudança do quarto, mas, para já, as noites correm sem sobressaltos.

 

Convém perceber que não existem fórmulas mágicas e cada bebé é único e dormirá de forma diferente. Não vale a pena criar expectativas nem ficar triste com os testemunhos de amigos, cujos filhos dormem uma noite toda, de seguida. Pessoalmente, e durante o primeiro ano, percebi que era normal ela acordar para mamar as vezes que quisesse (ela sempre mamou em regime de livre demanda) e não me arrependo nem um pouco da minha opção. Mas cada mãe deve ser livre para escolher o que entende ser melhor para a sua cria.

 

Cá em casa, e antes de ir para a cama, há rotinas antes de ir dormir que mantemos e que julgo serem eficazes:

 

1. Começamos por um banho, com direito a brincadeira (os livros e os bonecos à prova de água são animação garantida), com a gama Johnson’s® Bons Sonhos Banho para bebé (com uma combinação de aromas relaxantes, que ajudam a criança a acalmar).

 

2. Depois do banho, é hora da massagem. É um gesto que tento repetir sempre que posso e que me foi ensinado num workshop para grávidas. Ultimamente tenho usado a Johnson’s® Bons Sonhos Loção para bebé, que, para além do aroma, tem uma textura muito agradável, que penetra rapidamente na pele.

 

3. Hora do conto - com a TV desligada, deixamos a filhota escolher um livro (anda fã de livros com animais) e contamos-lhe a história. Depois, tempo para um pouco de embalo, com uma música relaxante por detrás, até adormecer...

 

E por aí? Há fórmulas "secretas" para troca?

 

suenos.jpg

 

1 comentário

Comentar post

O que procura?

Sigam-me

Escrevam-me:

Captura de ecrã - 2016-02-17, 12.17.17.png

aminisaia@gmail.com

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2011
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2010
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2009
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2008
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2007
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2006
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D