Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

mini-saia

O blog de Mónica Lice.

13
Jul15

Incontinência urinária na gravidez

Mónica Lice

Um dos ensinamentos mais importantes que retirei das aulas com a Mariana Pereira, do Centro do Bebé, foi a necessidade de trabalhar a bacia e o períneo, para, não apenas facilitar o parto, como também evitar situações de incontinência urinária, que decorrem, muitas vezes, durante e após a gravidez.

 

Este, porém, é um tema pouco falado - mas a verdade é que são várias as mulheres (estima-se que cerca de 50%) a sofrer pequenas perdas de urina (muitas vezes, quando espirram ou riem) - sendo que a situação pode agravar-se durante uma segunda ou terceira gravidez.

 

Captura de ecrã - 2015-07-10, 15.18.15.png

 

A razões para esta situação são várias e fáceis de perceber - com o aumento do tamanho do útero, a bexiga e a uretra mudam a sua posição original.

 

Por outro lado, o pavimento pélvico (o mesmo é dizer, todos os músculos e ligamentos que fecham o pavimento do abdómen e ajudam a manter a bexiga, o útero e o reto na posição correcta) altera-se, suportando a pressão do nosso peso e do peso, cada vez maior, exercido pelo útero.

 

Como evitar então que estas alterações fisiológicas no nosso corpo provoquem a tal incontinência? Com exercícios - que podem ser acompanhados por uma fisioterapeuta (como a Mariana, por exemplo) ou não. Para o efeito, os exercícios de Kegel são os mais aconselhados e consistem em contrair e em relaxar a musculatura do pavimento pélvico de forma repetida (diariamente, se possível), durante alguns minutos (como se tivéssemos a travar a urina de sair, mas sem estar a urinar). 

 

Se, mesmo assim, começar a sofrer com incontinência, o melhor a fazer é assumir o problema e pedir ajuda, no pós parto. Para o efeito, também aqui o apoio de fisioterapeutas experimentes é fundamental para conseguir progredir e ultrapassá-lo.

 

Durante a altura da incontinência, uma boa roupa interior é fundamental. Neste campo, a linha ProtechDry pode ser uma boa aposta. É nacional e composta por peças normais de roupa interior absorvente (em 95% Algodão e 5% Elastano), reutilizável, lavável e anti-odor, especialmente concebida para pessoas com incontinência ligeira, e indicada para a absorção de pequenas perdas de urina. 

8162177_020.jpg

 

A tecnologia que está na base de cada peça foi desenvolvida pelo gabinete de inovação da Impetus Portugal - Têxteis, em parceria com a Universidade do Minho. Oferece 100% de eficácia na absorção de líquidos até 30ml para as camadas interiores, mantendo totalmente seca a camada em contacto com a pele. Para além disso, a neutralização dos odores associados à urina (amónia) e secreções genitais está assegurada.

 

É por tudo isto que esta linha, já premiada, é recomendado pela Associação Portuguesa de Urologia, APNUG, pela Associação Portuguesa de Neurologia e Uroginecologia e pela Sociedade Portuguesa de Ginecologia.

 

Para as interessadas, a mesma pode ser adquirida online, em www.protechdry.com, onde também encontramos modelos masculinos, com preços a partir dos €16,90.

 

1 comentário

Comentar post

O que procura?

Sigam-me

Escrevam-me:

Captura de ecrã - 2016-02-17, 12.17.17.png

aminisaia@gmail.com

Arquivo

  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2022
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2021
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2020
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2019
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2018
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2017
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2016
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2015
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2014
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2013
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2012
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2011
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2010
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2009
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2008
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2007
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D
  222. 2006
  223. J
  224. F
  225. M
  226. A
  227. M
  228. J
  229. J
  230. A
  231. S
  232. O
  233. N
  234. D