Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

mini-saia

O blog de Mónica Lice.

06
Jan11

A validade da maquilhagem

Mónica Lice

A Cristina enviou-me recentemente o seguinte e-mail, com uma questão bastante pertinente:

Com a quantidade de maquilhagem e produtos semelhantes que actualmente temos em nossa casa, como identificar os que já estão estragados? É que às vezes um produto trás um prazo de abertura e continua bom, mesmo depois de esse prazo ter expirado. Outras vezes, acontece precisamente o contrário. Batons, por exemplo, como é que sei que já não é bom usá-los? Pelo cheiro?

A maior parte dos produtos de maquilhagem indica, actualmente, qual o seu prazo de validade na embalagem. Basta procurar o sinal da embalagem aberta e observar o número correspondente aos meses: 9 M (nove meses de validade, depois de aberto); 12 M (doze meses, depois de aberto), e por aí adiante.

 

Quando o produto não indica, existem alguns limites temporais, normalmente ensinados por quem entende de maquilhagem, que são considerados orientações genéricas, em relação a cada produto. Para ficarem com uma ideia, aqui ficam alguns desses limites:

Corrector - um ano (depois de aberto)

Base - um ano (se for oil-free) ou 18 meses, se tiver óleo

Pó - dois anos

Eye-liner - dois anos

Máscara - 3 meses

Batons, lápis e sombras - 2 anos

 

Pessoalmente, acho que estes prazos são meramente indicativos e vou aqui confessar uma coisa - não ligo (mesmo nada) aos prazos de validade... Custa-me muito colocar um produto ao lixo só porque já passou de prazo, desde que, obviamente, tenha bom aspecto, não tenha um cheiro esquisito ou a cor alterada (e não me tenha provocado reacções estranhas na pele/olhos).

 

Acho que estar a respeitar zelosamente os prazos das embalagens pode nem sempre fazer sentido. Daí que o meu conselho, para a Cristina e todas as interessadas, é a ter bom senso, neste âmbito e estar bem atenta ao estado de maquilhagem (conservando-a sempre da melhor maneira).

 

Claro que, por vezes, fazemos "asneiras" e aprendemos com elas, quando se trata de acondicionar os produtos e respeitar o seu modo de conservação. Eu aprendi, por exemplo, a nunca submeter um creme a altas temperaturas quando, na viagem que fiz por terra até à Guiné-Bissau, pelo meio do deserto, transportei comigo um creme de rosto carote, acabadinho de comprar. Resultado: creme feito papa, que teve de ir para o lixo...

 

É por isso que a boa conservação dos produtos de maquilhagem é TÃO importante - afastar os produtos da humidade (não os guardando na casa de banho, por exemplo) e da exposição solar são boas regras a seguir.

 

Por outro lado, existem produtos (como batons ou vernizes) que se preservam melhor a baixas temperaturas e que, por isso, devem ser guardados no frigorífico.

 

Convém ter em conta que em relação aos cremes e outros produtos de cuidado de rosto, as coisas já se processam de diferente forma. Os produtos com filtros solares, por exemplo, têm prazos de validade limitados, que devem ser seguidos, sob pena do creme já não ser eficaz como devia.

 

Preservar bem a maquilhagem e estar atenta à mesma é meio caminho andado para o seu bom uso. E bom senso, sempre (com ou sem o olho posto no prazo de validade)!

18 comentários

Comentar post

Pág. 1/2

O que procura?

Sigam-me

Escrevam-me:

Captura de ecrã - 2016-02-17, 12.17.17.png

aminisaia@gmail.com

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2011
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2010
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2009
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2008
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2007
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2006
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D